Dúvidas frequentes

Ficou com alguma dúvida? Confira abaixo algumas perguntas e respostas que podem te auxiliar.

A Sainte-Marie é uma clínica de transição que recebe pacientes em processo de reabilitação, cuidados paliativos e longa permanência. O tempo médio de internação varia de acordo com o perfil do paciente e a proposta do plano de cuidados, sempre alinhada com paciente, família, médico, equipe multidisciplinar e operadora de saúde.

Quando por meio de operadora: o médico responsável pela internação do paciente no hospital geral solicita à operadora a necessidade de transferência. A operadora, recebendo o pedido de transferência, entra em contato com a Sainte-Marie para avaliação do paciente no hospital geral. Uma enfermeira captadora é encaminhada para o local para avaliar o paciente, eleger o perfil de internação e convidar os familiares para conhecerem nossas unidades, por meio de uma visita de apresentação das instalações. Após aprovação prévia do convênio, em comum acordo com a família, é agendada a transferência para a unidade de escolha.

Particular: o médico responsável pelo paciente solicita à família a necessidade de transferência para uma clínica de transição. A família ou responsável entra em contato com a Sainte-Marie, que encaminha uma enfermeira captadora para avaliação do paciente, elege o perfil de internação e convida os familiares para conhecerem nossas unidades, por meio de uma visita de apresentação das instalações. Após aprovação da família, é agendada a transferência para a unidade de escolha.

Os pacientes admitidos na Sainte-Marie recebem uma avaliação profissional de toda a equipe multidisciplinar para identificar o perfil da internação. Cada profissional desenha um plano de cuidados com rotinas de atendimento, proposta terapêutica e metas a serem alcançadas. Esse plano de cuidados é apresentado para a família ou responsável em uma reunião de acolhimento e discutido semanalmente nas reuniões multiprofissionais.

A programação de alta depende do quadro clínico de cada pessoa, no entanto, quando possível, é planejada desde o primeiro dia do paciente na Sainte-Marie. Atingindo a proposta de internação, o paciente e seus familiares (ou responsáveis) são convidados para uma reunião em que são informados sobre temas importantes como: sugestões para adaptação domiciliar, se necessário, recomendações da equipe, execução do relatório de alta e todas as informações pertinentes para que a família e paciente tenham total segurança no retorno ao lar.

Este site utiliza cookies e scripts externos para melhorar a sua experiência.